Internacional


29/11/2019

O extraordinário fóssil do Peru que mostra como baleias de 4 patas chegaram à América do Sul

ilustração de Peregocetus pacificus Direito de imagem Alberto Gennari
Image caption O fóssil encontrado no Peru é o único de uma baleia quadrúpede descoberta na América do Sul até o momento.

O Museu de História Natural de Lima abriga os restos de uma rara criatura que viveu há 42 milhões de anos, quando o mundo era bem diferente do que é hoje.

"Este fóssil é o único remanescente de uma baleia quadrúpede descoberto na América do Sul até o momento", disse à BBC Mundo Rodolfo Salas-Gismondi, do Departamento de Paleontologia de Vertebrados do Museu de História Natural de Lima.

O fóssil de baleia também é "o primeiro esqueleto bem preservado de um cetáceo quadrúpede de toda a região do Pacífico", disse Olivier Lambert, pesquisador do Instituto Real Belga de Ciências Naturais que liderou os estudos e que recentemente apresentou as descobertas da equipe na reunião da Sociedade de Paleontologia de Vertebrados, na Austrália.

Pergocetus pacificus é extraordinário também por ajudar os cientistas a entender como as baleias evoluíram desde suas origens na Ásia, há mais de 50 milhões de anos.

Onde o fóssil foi encontrado e por que está tão bem preservado?

O esqueleto está bastante completo, com as duas mandíbulas, grande parte da coluna vertebral, incluindo a cauda, ??numerosas costelas, a pelve e as pernas da frente e de trás.

O fóssil foi encontrado nas rochas de Yumaque, na área desértica em frente à praia Media Luna, na costa sul do Peru.

Direito de imagem Gentileza Olivier Lambert
Image caption O fóssil foi encontrado nas rochas de Yumaque, na área desértica em frente à Praia Media Luna, na costa sul do Peru.

"Naquela época, as condições existentes eram favoráveis ??ao enterro e subsequente fossilização dos restos esqueléticos dos animais que ali viviam, seja porque os corpos foram enterrados rapidamente ou porque a decomposição e desmembramento dos corpos ocorreu lentamente", explicou Salas-Gismondi.

"Para que esses fenômenos acontecessem, poder ter ocorrido algum fenômeno de tixotropia (fenômeno que produz areia movediça) ou talvez fossem ambientes com pouco oxigênio, o que pode ter sido essencial para atrasar a decomposição das partes moles dos cadáveres."

O paleontólogo disse que depois que os restos foram enterrados e fossilizados, e que os sedimentos que cobriam os restos se tornaram estratos ou camadas de rochas sedimentares, toda essa área subaquática teve que emergir.

Os movimentos tectônicos ligados ao nascimento dos Andes elevaram os estratos rochosos por vários metros até a superfície do deserto, que agora é um dos locais mais importantes do mundo para estudar a evolução dos ecossistemas marinhos e sua diversidade.

O que o fóssil revela sobre a evolução das baleias?

"Os fósseis mais antigos de cetáceos são da Índia e do Paquistão, não tiveram muitas adaptações ao ambiente aquático e eram relativamente pequenos, do tamanho de um cachorro", disse Lambert à BBC Mundo.

Algumas linhagens desses primeiros cetáceos se adaptaram à vida na água, mas mantiveram os membros e começaram a se dispersar.

Primeiro eles migraram para o oeste e alcançaram as costas do norte e leste da África. E de lá, atravessaram o Atlântico para chegar ao continente americano, explicou o cientista belga.

Direito de imagem Gentileza Olivier Lambert
Image caption O esqueleto está bastante completo, com as duas mandíbulas, grande parte da coluna vertebral, incluindo a cauda, ??numerosas costelas, a pelve e as pernas da frente e de trás.

"Durante muito tempo, não tínhamos pistas sobre o caminho que seguiram, mas o fóssil do Peru indica que as baleias quadrúpedes cruzaram o Atlântico Sul da África para a América do Sul antes de migrar para o norte".

Salas-Gismondi explicou que "não se sabia que esses tipos de cetáceos arcaicos haviam chegado à costa da América do Sul".

O cientista peruano explicou que , há 42 milhões de anos, a América do Sul era um continente-ilha, sem conexões terrestres com nenhum outro continente, e a única forma de chegar a ele era através do oceano.

"É surpreendente que um cetáceo arcaico, capaz de nadar, mas ainda não completamente separado da vida em áreas terrestres e costeiras, tenha atravessado grandes distâncias no oceano".

Como eram os ancestrais das baleias?

"Os cetáceos têm um ancestral totalmente terrestre, de um grupo extinto de mamíferos com pernas entre os artiodáctilos, o grupo que agora inclui hipopótamos, veados, vacas e lhamas", explicou Lambert.

A conservação das patas traseiras permitiu que os cetáceos antigos retornassem à terra para descansar e dar à luz.

Direito de imagem Alberto Gennari
Image caption O fóssil do Peru indica que as baleias de quatro patas cruzaram o Atlântico Sul, da África à América do Sul

Algumas baleias começaram a usar predominantemente a cauda para nadar, e as patas podem ter se tornado um obstáculo para movimentos mais eficientes, segundo o cientista.

As patas da frente gradualmente se transformaram nas barbatanas, usadas para determinar a direção do nado. "Nesse ponto, os cetáceos não podiam mais voltar à terra e precisavam dar à luz na água."

Quais outras perguntas os cientistas querem responder?

"Uma investigação completa da anatomia funcional do Peregocetus começará nos próximos meses", disse Salas-Gismondi. "Cada osso do esqueleto pós-craniano será estudado em detalhes para entender como se movia, como usava as pernas durante a natação ou, eventualmente, quando estava em terra."

"Já podemos mostrar que o Perregocetus tinha uma pelve e as patas traseiras fortes o suficiente para suportar seu próprio peso no chão. Agora queremos ir além e entender que tipo de locomoção usava ? e comparar com mamíferos semiaquáticos modernos, como lontras, para testar diferentes hipóteses sobre o uso da cauda durante a natação."

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!


Mais de Internacional

Ryrkaypiy, o vilarejo russo em alerta por causa de ?invasão? de ursos polares

Ryrkaypiy, o vilarejo russo em alerta por causa de ?invasão? de ursos polares

Navio alemão da 1ª Guerra é encontrado no mar das Malvinas 105 anos após ser afundado

Navio alemão da 1ª Guerra é encontrado no mar das Malvinas 105 anos após ser afundado

Impeachment de Trump avança nos EUA: entenda o caso em poucas palavras (ou em detalhes)

Impeachment de Trump avança nos EUA: entenda o caso em poucas palavras (ou em detalhes)

Por que a 'criadora do chá de revelação' se arrepende de ter ajudado a lançar essa moda

Por que a 'criadora do chá de revelação' se arrepende de ter ajudado a lançar essa moda

A descoberta do novo planeta que pode dar pistas sobre a morte do Sol

A descoberta do novo planeta que pode dar pistas sobre a morte do Sol

Como é o mega-gasoduto resultado do 'acordo do século' entre a Rússia e a China

Como é o mega-gasoduto resultado do 'acordo do século' entre a Rússia e a China

Os americanos que se preparam para um 'apocalipse' causado pela polarização política

Os americanos que se preparam para um 'apocalipse' causado pela polarização política

Por que pesquisadores recomendam começar a acompanhar o colesterol aos 25 anos

Por que pesquisadores recomendam começar a acompanhar o colesterol aos 25 anos

O que revelam as fotos de Kim Jong-un cavalgando em monte sagrado na Coreia do Norte

O que revelam as fotos de Kim Jong-un cavalgando em monte sagrado na Coreia do Norte

Prisão injusta de funcionário por 251 dias constrange Huawei na China

Prisão injusta de funcionário por 251 dias constrange Huawei na China

A luta para proibir 'testes de virgindade' nos EUA após rapper dizer que os exige da filha de 18 anos

A luta para proibir 'testes de virgindade' nos EUA após rapper dizer que os exige da filha de 18 anos

BolaWrap, o aparelho que policiais de Los Angeles usarão para ?laçar? suspeitos

BolaWrap, o aparelho que policiais de Los Angeles usarão para ?laçar? suspeitos

A onda de estupros coletivos que provoca indignação e protestos na Índia

A onda de estupros coletivos que provoca indignação e protestos na Índia

Impeachment de Trump: Relatório da Câmara diz que há 'provas avassaladoras' contra o presidente

Impeachment de Trump: Relatório da Câmara diz que há 'provas avassaladoras' contra o presidente

'O estuprador é você': a coreografia feminista chilena que está ganhando o mundo

A cidade planejada que a Coreia do Norte acaba de inaugurar dizendo ser o 'auge da civilização'

A cidade planejada que a Coreia do Norte acaba de inaugurar dizendo ser o 'auge da civilização'

Otan, 70 anos: por que a aliança militar passa por seu pior momento

Otan, 70 anos: por que a aliança militar passa por seu pior momento

'Foi nojento': americana faz novas acusações no escândalo sexual que abala a realeza britânica

Groenlândia preocupa Dinamarca após ?interesse? de Trump

Groenlândia preocupa Dinamarca após ?interesse? de Trump

?Chile hoje é um país zumbi?: a visão de colunista do país em crise

?Chile hoje é um país zumbi?: a visão de colunista do país em crise

Por que foi o azar, e não a ação do 'Homo sapiens', que acabou com os neandertais

Por que foi o azar, e não a ação do 'Homo sapiens', que acabou com os neandertais

O acidente de avião na Antártida que mudou a história da Nova Zelândia

O acidente de avião na Antártida que mudou a história da Nova Zelândia

Buraco negro inexplicável por ser ?grande demais para existir? intriga astrônomos

Buraco negro inexplicável por ser ?grande demais para existir? intriga astrônomos

Mudanças climáticas: O que é a COP25 e o que ela espera conseguir

Mudanças climáticas: O que é a COP25 e o que ela espera conseguir

Os hackers que ganham milhões (legalmente)

Os hackers que ganham milhões (legalmente)

Em declínio desde Chávez, indústria venezuelana de novelas tenta resgatar antigo brilho

Em declínio desde Chávez, indústria venezuelana de novelas tenta resgatar antigo brilho

A misteriosa epidemia de HIV que atingiu centenas de crianças no Paquistão

A misteriosa epidemia de HIV que atingiu centenas de crianças no Paquistão

Por que o HIV ainda devasta regiões do país mais rico do mundo

Por que o HIV ainda devasta regiões do país mais rico do mundo

Quem são as vítimas do ataque que deixou dois mortos em Londres

Quem são as vítimas do ataque que deixou dois mortos em Londres

Acusação sem provas contra DiCaprio gera críticas e piadas contra Bolsonaro

Acusação sem provas contra DiCaprio gera críticas e piadas contra Bolsonaro

Leonardo DiCaprio rebate acusação de Bolsonaro sobre incêndios na Amazônia

Leonardo DiCaprio rebate acusação de Bolsonaro sobre incêndios na Amazônia

O que se sabe sobre o autor de ataque que deixou dois mortos na ponte de Londres?

O que se sabe sobre o autor de ataque que deixou dois mortos na ponte de Londres?