Internacional


11/01/2020

Queda de avião no Irã: Governo iraniano admite que derrubou aeronave após 'falha humana'

Avião da Ukranian International Airlines Direito de imagem Reuters
Image caption Avião da Ukranian International Airlines levava 176 pessoas quando caiu perto de Teerã, na quarta-feira

O Irã admitiu que derrubou por engano o avião ucraniano que caiu na quarta-feira (8) com 176 pessoas a bordo perto de Teerã.

O voo, que seguia em direção à capital ucraniana Kyiv, caiu perto do aeroporto Imã Khomeini logo após a decolagem. Entre os mortos havia cidadãos de sete nacionalidades, entre eles 82 iranianos, 57 canadenses e 11 ucranianos.

O Irã vinha negando acusações de que teria sido responsável pela queda do avião, mas passou a ser alvo de intensa pressão internacional por causa de evidências divulgadas por autoridades de inteligência ocidentais.

O desastre com o Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines ocorreu horas depois de o Irã lançar mísseis contra duas bases aéreas que abrigam tropas americanas no Iraque.

Esses ataques ocorreram em resposta ao assassinato do comandante militar iraniano Qasem Soleimani em uma operação com drone americano em Bagdá, em 3 de janeiro.

Direito de imagem EPA
Image caption Avião ucraniano caiu logo após a decolagem

O que disse o Irã?

Na manhã deste sábado, um comunicado militar foi lido na TV estatal iraniana anunciando que o voo PS752 havia sido atingido por um míssil por engano.

Por causa das tensões entre EUA e Irã, segundo o documento, os militaers estavam no "mais alto nível de prontidão". "Neste contexto, por causa de falha humana e sem intenção, o avião foi atingido."

Direito de imagem Getty Images
Image caption Irã vinha negando qualquer responsabilidade sobre a tragédia na quarta-feira

Os militares pediram desculpas, afirmaram que modificariam o sistema de segurança a fim de evitar novos "erros" no futuro e anunciaram que os responsáveis serão julgados e punidos.

O presidente Rouhani prestou condolências. "(O Irã) se arrepende profundamente desse erro desastroso", escreveu no Twitter.

O chanceler do país, Javad Zarif, pediu desculpas às famílias das vítimas, mas responsabilizou também os Estados Unidos. "Uma falha humana em tempo de crise causada pela ação aventureira dos EUA levou ao desastre", afirmou.

Para Lyse Doucet, correspondente internacional chefe da BBC, a admissão de culpa por parte do Irã representa uma desescalada das tensões com os Estados Unidos.

"O Irã decidiu que deveria assumir o desastre para evitar uma nova guerra verbal com o Ocidente ou despertar a fúria de seu próprio povo, que pulam de uma calamidade para outra", escreveu Doucet.

Segundo ela, a grande questão agora é: "Quem tomou a decisão de permitir que um avião civil decolasse enquanto o espaço aéreo do Irã passava por tamanha tensão?"

Quais foram as reações até agora?

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou que a queda do avião foi uma "tragédia nacional" ? o país tem quase 210 mil descendentes de iranianos.

Em comunicado, ele cobrou "transparência e justiça para as famílias das vítimas". Ao todo, 57 canadenses morreram na tragédia.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pediu ao Irã que puna os responsáveis. "Nós esperamos que o Irã os leve a responder na Justiça", disse.

Nesta quinta-feira, a Ucrânia decretou um dia de luto nacional por conta do acidente.

A Boeing disse que está "pronta para ajudar de maneira que for necessária", enquanto o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, afirmou que seu país espera participar da investigação e ofereceu assistência técnica.

Vídeo mostra míssil atingindo avião

A hipótese de que o avião havia sido abatido surgiu nas redes sociais logo depois da queda em forma de rumores, mas ela se tornou oficial quando informações de órgãos de inteligência foram divulgadas na mídia americana no dia seguinte à tragédia.

Segundo a rede CBS News, fontes no setor de inteligência americano apontaram que satélites dos EUA detectaram dois lançamentos de mísseis pouco antes de o avião ucraniano explodir.

O jornal The New York Times publicou um vídeo em seu site que mostra um míssil atravessando o céu de Teerã e depois explodindo ao tocar em um avião. Dez segundos depois, é possível ouvir o barulho de uma explosão desde o solo. O avião continua voando em chamas.

Direito de imagem Getty Images

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!


Mais de Internacional

Coronavírus na China: o que se sabe sobre a misteriosa doença após confirmação de transmissão entre humanos

Coronavírus na China: o que se sabe sobre a misteriosa doença após confirmação de transmissão entre humanos

O clube que reúne pessoas para decorarem seus próprios caixões

'Megxit': 5 perguntas ainda sem resposta sobre o futuro de Harry e Meghan

'Megxit': 5 perguntas ainda sem resposta sobre o futuro de Harry e Meghan

Harry: o príncipe 'festeiro' que decidiu trilhar seu próprio caminho

Harry: o príncipe 'festeiro' que decidiu trilhar seu próprio caminho

Harry e Meghan: Não havia outra opção senão recuar, diz o príncipe

Harry e Meghan: Não havia outra opção senão recuar, diz o príncipe

'Megxit': Sem dinheiro público ou títulos reais, o que vai acontecer com Harry e Meghan?

'Megxit': Sem dinheiro público ou títulos reais, o que vai acontecer com Harry e Meghan?

Polarização política gera 'guerra' sobre o que ensinar nas escolas americanas

Polarização política gera 'guerra' sobre o que ensinar nas escolas americanas

As adolescentes holandesas que seduziam e matavam nazistas

As adolescentes holandesas que seduziam e matavam nazistas

Uruguai prepara programa para atrair moradores estrangeiros

Uruguai prepara programa para atrair moradores estrangeiros

Wallis Simpson: a americana divorciada que abalou a monarquia britânica nos anos 30

Wallis Simpson: a americana divorciada que abalou a monarquia britânica nos anos 30

Como terremotos em Porto Rico estão mudando o relevo da ilha

Como terremotos em Porto Rico estão mudando o relevo da ilha

Fogueiras de livros e lavagem cerebral: quem foi Goebbels, ministro de Hitler parafraseado por secretário de Bolsonaro

Fogueiras de livros e lavagem cerebral: quem foi Goebbels, ministro de Hitler parafraseado por secretário de Bolsonaro

Como 4 países europeus estão lutando para que seus cidadãos tenham mais filhos

Como 4 países europeus estão lutando para que seus cidadãos tenham mais filhos

'Homens-morcego' atravessam 'Portão do Céu' voando na China; veja

Menina de 3 anos e cão são encontrados a 3 km de casa após sumirem em meio a inundação na Austrália

Menina de 3 anos e cão são encontrados a 3 km de casa após sumirem em meio a inundação na Austrália

Economia e qualidade de vida: como o Brasil se posiciona em relação aos indicadores dos países da OCDE

Economia e qualidade de vida: como o Brasil se posiciona em relação aos indicadores dos países da OCDE

Etnopornô, a exploração sexual de mulheres indígenas em vídeos pornográficos no México

Etnopornô, a exploração sexual de mulheres indígenas em vídeos pornográficos no México

Quais os planos de Putin por trás da proposta de reforma que derrubou parte do governo russo

Quais os planos de Putin por trás da proposta de reforma que derrubou parte do governo russo

O momento em que avião despeja combustível sobre escolas de Los Angeles

O que é o peito escavado, condição que muitos pensam ser estética, mas pode matar

O que é o peito escavado, condição que muitos pensam ser estética, mas pode matar

EUA e China assinam acordo após 2 anos de guerra comercial: o que mudou ao longo da disputa?

EUA e China assinam acordo após 2 anos de guerra comercial: o que mudou ao longo da disputa?

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

Pobreza na China: morre jovem que se alimentou só de arroz e pimenta por 5 anos

Pobreza na China: morre jovem que se alimentou só de arroz e pimenta por 5 anos

'Nossas vidas são descartáveis': como a tensão entre EUA e Irã afeta os iranianos-americanos

'Nossas vidas são descartáveis': como a tensão entre EUA e Irã afeta os iranianos-americanos

Queda de avião no Irã: 3 fatores que levaram à derrubada do Boeing ucraniano por engano

Queda de avião no Irã: 3 fatores que levaram à derrubada do Boeing ucraniano por engano

O país onde ginecologistas se recusam a atender mulheres solteiras

Diego, tartaruga gigante que salvou a própria espécie, vai se aposentar em Galápagos

Rainha concorda com 'período de transição' que permite a Harry e Meghan passar tempo no Canadá

Rainha concorda com 'período de transição' que permite a Harry e Meghan passar tempo no Canadá

Incêndios na Austrália: por que os aborígenes dizem que a mata precisa queimar

Incêndios na Austrália: por que os aborígenes dizem que a mata precisa queimar

O mistério das centenas de milhões de dólares que desapareceram sem deixar rastro na Rússia

O mistério das centenas de milhões de dólares que desapareceram sem deixar rastro na Rússia

Vulcão Taal: Erupção de vulcão se transforma em fundo impressionante para fotos de casamento nas Filipinas

Vulcão Taal: Erupção de vulcão se transforma em fundo impressionante para fotos de casamento nas Filipinas

Por que queda de avião pode ser momento decisivo para futuro do Irã

Por que queda de avião pode ser momento decisivo para futuro do Irã